Exportar este item: EndNote BibTex

Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.tede.universidadefranciscana.edu.br:8080/handle/UFN-BDTD/701
Tipo do documento: Dissertação
Título: ACOLHIMENTO AO FAMILIAR CUIDADOR NA UNIDADE DE TERAPIA INTENSIVA PEDIÁTRICA
Autor: Pozzatti, Rogerio
Primeiro orientador: Zamberlan, Claudia
Primeiro membro da banca: Lima, Suzinara Beatriz Soares de
Segundo membro da banca: Backes, Dirce Stein
Terceiro membro da banca: Costenaro , Regina Gema Santini
Resumo: A hospitalização da criança é um dos maiores eventos causadores de desconforto para a família. Quando a hospitalização acontece, em especial em Unidades de Terapia Intensiva (UTI), as dificuldades e desafios de enfrentamentos se tornam ainda maiores para a família e os cuidadores. Assim, o objetivo principal deste estudo foi desenvolver o acolhimento ao familiar cuidador em unidade de terapia intensiva pediátrica. Método: estudo exploratório e descritivo de abordagem qualitativa realizado com familiares/cuidadores de crianças internadas em uma Unidade de Terapia Intensiva Pediátrica de um Hopital Universitário no interior do estado do Rio Grande do Sul. Resultados: emergiram dois artigos como resultados desse estudo, sendo que o artigo 01 objetivou identificar as produções científicas desenvolvidas em âmbito nacional e internacional sobre o enfrentamento da internação da criança em UTI-Ped pelo familiar/cuidador por meio de uma revisão integrativa de literatura. Dos artigos encontrados, evidenciaram-se as categorias: Vulnerabilidade do familiar/cuidador; Percepções e aceitação do familiar/cuidador; Rede de Apoio ao familiar/cuidador de crianças internadas em UTI-Ped. Os resultados apontam que a internação da criança na UTI-Ped representa, para a maioria dos familiares/cuidadores, inicialmente, desespero e frustação, sentimentos que podem ser superados pela acolhida, pelo apoio e por informações claras e precisas da equipe. No artigo 02, objetivou-se investigar as vivências do familiar/cuidador mediante a internação da criança em UTI-Ped em um hospital público do sul do país. Estudo exploratório e descritivo de abordagem qualitativa. Participaram deste estudo 11 familiares/cuidadores de crianças internadas em UTI-Ped de um hospital universitário do interior do Estado do Rio Grande do Sul. Os resultados apontam que os membros familiares/cuidadores são a base para o enfrentamento da doença do filho internado. Os sentimentos descritos pelos pais são de desespero, impotência, dor, medo, angústia, de muitas dúvidas quanto ao diagnóstico e prognóstico, o que os incapacita no desenvolvimento de suas atividades diárias. Considerações finais: o estudo proporcionou conhecimentos e informações sobre as expectativas e os sentimentos dos familiares/cuidadores que acompanham os filhos no processo de adoecer e hospitalização dentro da Unidade de Terapia Intensiva Pediátrica, consolidando a necessidade em se manter o laço familiar, por meio do acolhimento, ressaltando a importância da presença dos familiares/cuidadores dentro da unidade para uma recuperação mais efetiva. Produto gerado: O produto final gerado foi uma cartilha informativa que poderá ser disponibilizada impressa e online, com um olhar acolhedor e direcionada aos familiares/cuidadores de crianças internadas na UTI-Ped do Hospital Universitário de Santa Maria. A cartilha apresenta uma abordagem descritiva, autoexplicativa e contempla as principais estratégias de acolhimento que foram identificadas nos familiares/cuidadores das crianças internadas.
Abstract: the hospitalization of the child is one of the major events causing discomfort for the family. When hospitalization occurs, especially in Intensive Care Units (ICUs), the difficulties and challenges of coping become even greater for the family and caregivers. Thus, the main objective of this study was to develop strategies for the reception of family members / caregivers of children hospitalized in pediatric intensive care units through the creation of a printed and online booklet. Method: an exploratory and descriptive study of a qualitative approach carried out with family members / caregivers of children admitted to a Unit and Pediatric Intensive Care Unit of a University Hopital in the state of Rio Grande do Sul. Results: two articles emerged as results of this study. Article 01 aimed to identify the scientific productions developed at national and international level on the confrontation of the child's hospitalization in the Pediatric ICU by the family / caregiver through an integrative literature review. From the articles found the following categories emerged: Family / caregiver vulnerability; Perceptions and acceptance of family / caregiver; Support network for the family / caregiver of children hospitalized in Pediatric ICU-Ped. The results indicate that the hospitalization of the child in the Pediatric ICU represents, for most of the family / caregivers, initially despair and frustration, feelings that can be overcome by the reception, support and clear and accurate information of the team. Article 02 aimed to investigate the family / caregiver's experiences through the hospitalization of the child in Pediatric ICU in a public hospital in the south of the country. Exploratory and descriptive study of a qualitative approach. A total of 11 family members / caregivers of children hospitalized in a Pediatric ICU of a university hospital in the state of Rio Grande do Sul participated in the study. The results indicate that family members / caregivers are the basis for coping with the hospitalized child's illness. The feelings described by the parents are of despair, of impotence, of pain, fear, anguish, of many doubts about diagnosis and prognosis, incapacitating them in the development of their daily activities. Final considerations: the study provided knowledge and information about the expectations and feelings of family members / caregivers who accompany their children in the process of becoming ill and hospitalized within the Pediatric Intensive Care Unit, consolidating the need to maintain the bond familiarity, highlighting the importance of the presence of family members / caregivers within the unit for a more effective recovery. Produced product: The final product generated was an informative booklet that could be made available online and printed, with a welcoming and directed look at family / caregivers of children admitted to the Pediatric ICU of the Hospital Universitário de Santa Maria. The booklet presents a descriptive, self-explanatory approach and contemplates the main reception strategies that were identified in the relatives / caregivers of hospitalized children.
Palavras-chave: Criança hospitalizada. Unidade de terapia intensiva. Família. Cartilha.
Hospitalized child. Intensive care unit. Family. Booklet
Área(s) do CNPq: Enfermagem
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Centro Universitário Franciscano
Sigla da instituição: UNIFRA
Departamento: Saúde Materno Infantil
Programa: Mestrado Profissional em Saúde Materno Infantil
Citação: Pozzatti, Rogero. ACOLHIMENTO AO FAMILIAR CUIDADOR NA UNIDADE DE TERAPIA INTENSIVA PEDIÁTRICA. 2017. 74f. Dissertação( Mestrado Profissional em Saúde Materno Infantil) - Centro Universitário Franciscano, Santa Maria - RS .
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: http://www.tede.universidadefranciscana.edu.br:8080/handle/UFN-BDTD/701
Data de defesa: 5-Dez-2017
Aparece nas coleções:Mestrado Profissional Saúde Materno Infantil

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Dissertacao_RogérioPozzatti.pdfDissertação4,2 MBAdobe PDFThumbnail

Baixar/Abrir Pré-Visualizar
Produto_RogerioPozzatti.pdf1,97 MBAdobe PDFThumbnail

Baixar/Abrir Pré-Visualizar


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons