Exportar este item: EndNote BibTex

Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.tede.universidadefranciscana.edu.br:8080/handle/UFN-BDTD/714
Tipo do documento: Dissertação
Título: PERFUSIONISTAS BRASILEIROS: ESTRESSE AMBIENTAL E QUALIDADE DE VIDA
Autor: Nicoletti, Andrelise Maria
Primeiro orientador: Moraes, Cristina Machado Bragança de
Primeiro coorientador: Zamberlan, Cláudia
Primeiro membro da banca: Magnago, Tânia Solange Bosi de Souza
Segundo membro da banca: Colpo, Elisangela
Resumo: Objetivo: avaliar o nível de estresse ambiental e a qualidade de vida dos perfusionistas brasileiros. Métodos: trata-se de uma pesquisa quantitativa, com delineamento observacional transversal. Os participantes elegíveis foram os perfusionistas brasileiros em situação ativa. A coleta de dados foi realizada no período de setembro de 2017 a fevereiro de 2018, por meio de um questionário eletrônico. Os instrumentos de pesquisa incluem: questionário de perfil demográfico e profissional, inventário de estresse dos enfermeiros adaptados e a escala de qualidade Short-Form Health Survey -SF 36. Resultados: a análise do papel dos estressores na carreira apresentou diferença significativa entre os profissionais com carga horária semanal de até 30 horas e 30 a 40 horas (p = 0,005). Entre os dois grupos observou-se que o profissional com menos de 30 horas (26,56 ± 7,04) apresentou menor nível de estresse que o grupo que trabalhava entre 30 e 40 horas (31,31 ± 8,14; p = 0,005). Esse fator também mostrou uma diferença significativa entre a força de trabalho de adultos e adultos e em pediatria (p = 0,03). Entre esses grupos, observou-se que o profissional que trabalha com adultos (30,19 ± 8,49) apresentou maior nível de estresse quando comparado ao grupo adulto e pediátrico (23,62 ± 6,33; p = 0,03). No fator intrínseco do trabalho houve diferença significativa entre aqueles que fazem e não cumprem aviso (p = 0,032). Na análise entre esses dois grupos, percebeu-se que o profissional que estava em remissão (49,2 ± 13,74) apresentou menor nível de estresse quando comparado ao grupo que não prestou atenção (54,68 ± 13,29; p = 0,032). Existe uma diferença significativa entre os componentes físico e mental. No componente físico a diferença é entre os profissionais com baixo e alto nível de estresse, evidenciando que as pessoas com baixo nível de estresse apresentam uma melhor qualidade de vida quando comparadas às pessoas com alto nível de estresse. No componente mental, existe uma diferença significativa entre os profissionais que possuem níveis de estresse baixo e moderado e entre os níveis de estresse moderado e alto. Conclusões: os perfusionistas com baixo nível de estresse apresentam qualidade de vida superior quando comparados aos com nível de estresse elevados.
Abstract: Objective: to evaluate the level of environmental stress and quality of life of Brazilian perfusionists. Methods: it is a quantitative research with a cross-sectional observational design. The eligible participants were the Brazilian perfusionists in active situation. The data collection was carried out from September 2017 to February 2018 through an electronic questionnaire. The research instruments include: demographic and professional profile questionnaire, adapted nurses' stress inventory and the Short-Form Health Survey scale -SF 36 quality of life. Results: the analysis of the role of career stressors presented a significant difference between professionals with weekly workload of up to 30 hours and 30 to 40 hours (p = 0.005). Between the two groups it was observed that the professional working less than 30 hours (26.56 ± 7.04) had a lower level of stress than the group that worked between 30 and 40 hours (31.31 ± 8.14; p = 0.005). This factor also showed a significant difference between the adult and adult workforce and the pediatric workforce (p = 0.03). Among these groups, it was observed that the professional working with adults (30.19 ± 8.49) had a higher level of stress when compared to the adult and pediatric group (23.62 ± 6.33; p = 0, 03). In the intrinsic factor of the work there was a significant difference between those who do and do not take warning (p = 0.032). In the analysis between these two groups, we noticed that the professional who was on remission (49.2 ± 13.74) presented a lower level of stress when compared to the group that did not pay attention (54.68 ± 13.29; p = 0.032). There is a significant difference between the physical and mental components. In the physical component the difference is between the professionals with low and high level of stress, evidencing that the people with low level of stress present a better quality of life when compared to the people with high level of stress. In the mental component, there is a significant difference between professionals who have low and moderate stress levels and between moderate and high stress levels. Conclusions: perfusionists with low stress present higher quality of life when compared to those with high stress levels.
Palavras-chave: Circulação Extracorpórea, Procedimentos Cirúrgicos Cardiovasculares, Estresse e Qualidade de Vida
Cardiopulmonary bypass, Cardiovascular Surgical Procedures, Stress and Quality of Life.
Área(s) do CNPq: Ciências da Saúde e da Vida
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Franciscana
Sigla da instituição: UFN
Departamento: Ciências da Saúde e da Vida
Programa: Mestrado em Ciências da Saúde e da Vida
Citação: Nicoletti, Andrelise Maria. PERFUSIONISTAS BRASILEIROS: ESTRESSE AMBIENTAL E QUALIDADE DE VIDA. 2016. 61f. Dissertação( Mestrado em Ciências da Saúde e da Vida) - Universidade Franciscana, Santa Maria - RS .
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: http://www.tede.universidadefranciscana.edu.br:8080/handle/UFN-BDTD/714
Data de defesa: 30-Out-2016
Aparece nas coleções:Mestrado em Ciências da Saúde e da Vida

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Dissertacao_AndreliseMariaNicoletti.pdfDissertação1,87 MBAdobe PDFThumbnail

Baixar/Abrir Pré-Visualizar


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons