Exportar este item: EndNote BibTex

Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.tede.universidadefranciscana.edu.br:8080/handle/UFN-BDTD/782
Tipo do documento: Dissertação
Título: FATORES QUE INFLUENCIAM NA ESTABILIDADE DO ÍNDICE DE NORMATIZAÇÃO INTERNACIONAL - INR
Autor: Machado, Janine Pereira
Primeiro orientador: Araújo, Maria do Carmo dos Santos
Primeiro coorientador: Colpo, Elisângela
Primeiro membro da banca: Fleck, Juliana
Segundo membro da banca: Santos, Karen Freitas
Resumo: A cada ano, as doenças cardiovasculares vêm ganhando um papel de destaque por seu constante crescimento e morbimortalidade. Entre as terapias mais utilizadas para o tratamento dessas doenças destacam-se os anticoagulantes orais quelantes da vitamina K. Diversos fatores podem modificar a resposta biológica aos anticoagulantes orais, entre estes patologias como diabetes, hipertensão arterial, dislipidemias e aterosclerose e o estilo de vida e sensibilidade de cada indivíduo. Por este motivo, esta terapia exige um acompanhamento constante para o monitoramento e ajuste individual da dose. Este monitoramento é rotineiramente realizado através do Índice de Normatização Internacional de Coagulação (INR). Neste contexto, inserem-se os objetivos deste estudo que busca identificar os fatores que influenciam na estabilidade do Índice de Normatização Internacional (INR) na monitorização terapêutica dos anticoagulantes orais de pacientes. Caracterizou-se como um estudo observacional de delineamento transversal, realizado em uma clínica de cardiologia localizada no centro do Estado do Rio Grande do Sul, no ano de 2018. A amostra foi por conveniência composta de 32 indivíduos, de ambos os sexos em uso do anticoagulante ora, Varfarina. Os participantes tinham idade média de 60,3 anos, variando entre 34 e 89 anos , sendo a maioria do sexo masculino (53,1%), raça branca (81,3%), casada (50%), com filhos (87,5%). Ao correlacionar os valores do INR com a qualidade de vida, alimentação e interação medicamentosa observou-se que os fatores elencados não influenciaram nos resultados de forma significativa. Esses resultados sugerem que a qualidade da assistência e acompanhamento dos usuários pode ser o fator que mais contribui para a manutenção de resultados estáveis no INR.
Abstract: Each year cardiovascular disease are gaining a prominent role for its steady growth and mortality. Among the most used therapies for the treatment of these diseases there are the K vitamin chelating oral anticoagulants. Several factors can modify the biological response to oral anticoagulants among those pathologies such as diabetes, hypertension, dyslipidemia and atherosclerosis and the lifestyle and the sensitivity of each individual. For this reason this therapy requires continuous monitoring and individual doses adjustment. This process is routinely performed by the International Normalized Coagulation Ratio (INR). In this context, the objective of this study is to identify the factors that has influence on the stability of the International Normalized Coagulation Ratio (INR) in the therapeutic monitoring of patients' oral anticoagulants. It was characterized as an observational cross-sectional study, performed in a cardiology clinic located in the centre of the state of Rio Grande do Sul in the year 2018. A sample of 32 individuals of both genders using anticoagulant or warfarin was choose by convenience. The participants had an average age of 60.3 years, ranging from 34 to 89 years old, being the majority male (53.1%), white (81.3%), married (50%), , 5%). When correlating INR values with quality of life, feeding, drug interaction, it was observed that the factors listed did not significantly influence the results. These results suggest that the quality of the care and follow-up of the users may be the factor that contributes the most to the maintenance of stable results in the INR.
Palavras-chave: Hemostasia. Anticoagulação. Coeficiente internacional normatizado. Atendimento ambulatorial.
Hemostasis. Anticoagulation. International Normalized Ratio. outpatient care.
Área(s) do CNPq: Ciências da Saúde e da Vida
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Franciscana
Sigla da instituição: UFN
Departamento: Ciências da Saúde e da Vida
Programa: Mestrado em Ciências da Saúde e da Vida
Citação: Machado, Janine Pereira. FATORES QUE INFLUENCIAM NA ESTABILIDADE DO ÍNDICE DE NORMATIZAÇÃO INTERNACIONAL - INR. 2019. 68f. Dissertação( Mestrado em Ciências da Saúde e da Vida) - Universidade Franciscana, Santa Maria -RS .
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: http://www.tede.universidadefranciscana.edu.br:8080/handle/UFN-BDTD/782
Data de defesa: 14-Mar-2019
Aparece nas coleções:Mestrado em Ciências da Saúde e da Vida

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Dissertacao_JaninePereiraMachado.pdfDissertação1,16 MBAdobe PDFThumbnail

Baixar/Abrir Pré-Visualizar


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons